A digitalização de acordos não precisa ser uma “queima de arquivos”

Não há como negar que as empresas possuem grandes massas documentais que se acumulam diariamente devido aos seus ramos de negócios.

O acúmulo de documentos contribui para que existam dificuldades em relação à localização desses documentos.

Pode não parecer num primeiro momento, mas usar documentos físicos no dia a dia resulta em diversas desvantagens para as empresas, seja de pequeno, médio ou grande porte.

Com isso, para evitar prejuízos às empresas, em tempos onde as tecnologias digitais se desenvolvem e se tornam cada vez mais normais em nossas rotinas, é possível contribuir com um bom gerenciamento de documentos digitais, a fim de tornar mais preciso o acesso às informações que estão armazenadas nos arquivos.

Independente se o documento passou pelo processo de digitalização ou se já nasceu no suporte digital, é necessário pensar em práticas e soluções para que esses arquivos fiquem armazenados de forma segura e que possam ser recuperados sem existir nenhum tipo de dificuldade.

Segurança dos Contratos Digitais

Com os Smart Contracts, a automação de contratos para negócios em geral, visa maior eficiência, otimização de processos e redução de custos.

Há três princípios básicos que garantem a segurança e praticidade:

  • Observabilidade: capacidade de ser acompanhado pelas partes envolvidas;
  • Verificabilidade: sua execução deve ser comprovada;  
  • Privacidade: somente os responsáveis podem ter acesso à execução dos processos.

Além disso, os termos de um Smart Contract devem ser explícitos, evitando que as cláusulas sejam interpretadas de formas distintas. E a execução deles é praticamente instantânea, o que torna a negociação muito mais ágil.

Legalidade e validação

Deste modo, desde que observados os requisitos estabelecidos pelo Decreto, os documentos digitalizados terão a mesma força, efeitos e validade dos documentos originais! 

Ou seja, o envolvido no contrato irá demonstrar interesse no acordo entre determinada situação e, consequentemente, deverá realizar a celebração deste processo, sendo aqui de forma online. Desta forma, um acordo realizado no meio digital possui as mesmas partes e estabelece os mesmos direitos e obrigações que um contrato físico.

A evolução tecnológica e a globalização das operações já permitem que as discussões a respeito das minutas contratuais e sua finalização, sejam rápidas e precisas, sem atentar contra a legalidade e validade de suas disposições, ainda que realizadas exclusivamente de forma eletrônica.


Conheça a #GrowthTech e conte conosco para modernização, transparência e praticidade a todo este processo.

#Digitalização #GrowthTech #Tecnologia

Blockchain: tecnologia segura

Você sabe o que torna o blockchain seguro? O que impede que transações sejam forjadas em nome de alguém, que …

Saiba mais

Contratos e documentos das mais diversas áreas continuam indo para as gavetas!

A criação de contratos e a relação contratual como um todo faz parte da rotina de empresas e de diversas …

Saiba mais

Blockchain: tecnologia segura

Você sabe o que torna o blockchain seguro? O que impede que transações sejam forjadas em nome de alguém, que …

Saiba mais

Contratos e documentos das mais diversas áreas continuam indo para as gavetas!

A criação de contratos e a relação contratual como um todo faz parte da rotina de empresas e de diversas …

Saiba mais