Growth Tech e RKM realizam o primeiro registro de compra e venda de imóveis em blockchain da História

Growth Tech, pioneira startup na prestação de serviços cartorários baseados na tecnologia blockchain, e a RKM Engenharia, construtora de imóveis residenciais em Belo Horizonte e Nova Lima, no estado de Minas Gerais, registraram, pela primeira vez na História do mercado imobiliário, dois contratos de compra e venda de apartamentos entre a construtora e seus clientes.

“O registro no blockchain permite uma relação mais transparente entre todas as partes, desde o comprador até as securitizadoras, que passam a ter a garantia de que todos os compromissos de compra e venda de fato existem”, afirma Hugo Pierre, fundador da Growth Tech.

Os imóveis, estimados em R$ 1,5 milhão cada, são os primeiros registrados com o uso da tecnologia que dá vida a moedas digitais. Assim, essa é uma mudança importante de paradigma para o mercado.

Ele explica que todo o processo foi realizado através de um aplicativo para celular. “Assim, a assinatura e o registro foram concluídos e registrados rapidamente, com eficiência e segurança”, reforça ele.

Para que o registro seja bem-sucedido, todas as partes envolvidas precisam ter identidades digitais criadas na plataforma, com dados cadastrais, biométricos e faciais com dados oficiais governamentais.

“Há também uma ‘prova de vida’ e isso garante a legitimidade da transação e do registro”, explica Hugo.

A RKM deseja continuar registrando os imóveis em blockchain para avançar ainda mais no processo de digitização do negócio.

“Em novembro, teremos o lançamento de um novo empreendimento em Nova Lima e vamos registrar todos os contratos deste novo empreendimento no blockchain”, afirma Rodrigo Junqueira, diretor financeiro da RKM Engenharia.

A pandemia impulsionou o processo de digitização e estima-se que 5% da receita anual de empresas, ou seja, US$ 907 bilhões, seja investido nesse processo.

Lembrando que “digitização” e “digitalização” são termos diferentes: uma é a total integração do negócio no ecossistema digital, abandonando estruturas físicas para atuar exclusivamente no ambiente digital, enquanto a outra faz o processo de migração de um negócio do meio físico para o digital.

A Growth Tech deseja construir um ecossistema imobiliário integralmente virtual, desde a busca pelo imóvel à formalização de contratos.

A startup também foi responsável por fornecer a ferramenta que tornou possível a assinatura do Código de Autorregulação para criptoativos do último dia 13, impulsionado pela Associação Brasileira de Criptoeconomia (ABCripto).

Artigo por Daniela Pereira do Nascimento para Money Times em 20/08/2020 – 9:05
https://www.moneytimes.com.br/growth-tech-e-rkm-realizam-primeiro-registro-de-imoveis-em-blockchain-da-historia/